Sexta-feira, 09.11.07

 

 

 

 

 

 

 

As pessoas afivelam uma máscara e ao cabo de alguns anos acreditam plenamente que ela é o seu verdadeiro rosto. E quando a gente lha arranca, ficam em carne viva, doridas e desesperadas, incapazes de compreender que o gesto violento foi a melhor prova de respeito que poderíamos dar.

 

Miguel Torga

 


 

 

Espero que desta vez este post não dê uma mensagem de erro e que o tenha de apagar de novo.

 


 

 

 

Desta vez não recebi por email. Esta frase está escrita numa das paredes da minha escola.

 


sinto-me Sem máscaras

publicado por Estupefacta às 15:07 | link do post | comentar | ver comentários (7)

mais sobre mim
Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Máscara

arquivos
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds