Quarta-feira, 26 de Março de 2008

 

 

 

 

 

Hoje tirei a tarde para a minha filha e foi muito bem passada.

De manhã fui a uma reunião de Departamento Curricular. Depois de uma breve paragem na loja do cidadão, lá fomos nós para o Shopping dos Olivais (acabamos por ir sempre lá) comer comida chinesa, pois claro. A Maria adora e eu também não me faço rogada.

Depois de dar uma vista de olhos pelo jornal, lá rumámos em direcção ao Vasco da Gama e estávamos decididas - vamos ver o filme As Crónicas de Spiderwick . Já tínhamos lido no blogue da Ni que o filme era bom e que valia a pena, mas estava esgotada a sessão que queríamos. Depois de muita indecisão lá optámos pelo Winx Club - O Segredo do Reino Perdido. Primeiro que eu acertasse com o nome foi uma risada. A palavra não me saía.

Devidamente instaladas, a Maria olha em redor e exclama:

- Só cá estão crianças. Isto é um filme para crianças.

- Então é o que tu és. Estamos bem.

- Francamente mãe, não sou criança.

A Maria achou o filme engraçado, mas não para a idade dela. A miúda, desta vez, até tem razão. Eu, claro, adormeci. Ok, sei que é vergonhoso, mas tinha almoçado bem, estava quentinho e escuro... Estava criado o ambiente propício à soneca. Avisei a Maria que só me acordasse caso eu ressonasse. Como isso não aconteceu , acordei no intervalo para ir comprar as belas das pipocas.

 

Mas valeu a pena. Gosto tanto de ter um tempo dedicado exclusivamente à minha filha.

 

 

 

 

"

tags: , , , ,

publicado por Estupefacta às 19:20 | link do post

De samueldabo a 27 de Março de 2008 às 00:12
Quando tinha a idade da sua menina, não gostava de ir ao cinema com os pais, talvez porque fui sempre um menino triste e só. Consegui emancipar-me da tristeza e é com enlevo que leio a ternura do seu dia dedicado à sua filha., a alegria entusiasta que nos transmite, um passar a palavra que ajude os que acham uma seca tirar o dia para os seu filhos. Porque os filhos foram concebidos com amor e merecem saber.
Um abraço de amigo


De Estupefacta a 27 de Março de 2008 às 17:36
E, acredite Samuel, não me canso de dizer à minha filha o quanto a amo e o quanto ela é importante para mim. Todos nós precisamos de saber que nos amam e que somos importantes na vida de alguém.
Fico feliz por ter se ter emancipado da tristeza.
Um beijinho amigo


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
26

27
28
29
30
31


posts recentes

A Pensar em si

Bendito serás

Feminino Singular

Todos devemos ajudar

Ainda há milagres

Podia

Acordo ortográfico

Gostei de ver e ouvir

Intimidade ou higiéne?

É bonito

Sem título

Agitação social

Desde que

Preciso

A Estupefacta sou eu

Não consigo preparar-me

Como uma mulher pode alte...

Excelente ideia e melhor ...

Genes cor de rosa

E assim se tapa o Sol

arquivos
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds