Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2008

 

(http://clic.xtec.net/gifs/ortobras.gif

 

Apanho os tiques todos da línguagem de miúdos e graúdos e, quando dou por mim, eis-me a falar com os tiques que tanto me deixaram estupefacta e me fizeram rir.

 

Agora falo assim:

 

- Temos de nos despachar porque quero ir ao Líder (Lidl) e ao Pludo (Plus).

- Ó pá, que coisa, também te vais desvorciar? Esta é usual nas Enc . de Educação, que estão todas desvorciadas.

- Eu vi ele na escola. Esta é comum em miúdos e graúdos

- Liguei para a Rodofone  e nada. Esta é da minha mãezinha.

- Gosto das  estrilias da tia Joana (leia-se estrias ). Esta é da minha Maria.

- Então o teu damo vem buscar-te? Esta é dos miúdos lá da escola quando se referem aos namorados e namoradas. Ele é Damos e Damas.

- Já jantastesss ! Esta é tão comum (mesmo com 3 sss ).

- Vais amanhã à reunião? Népia, respondo. A da népia é do meu querido «Sobrinho» André, um aluno que foi da minha direcção de turma e que adoro.

- Baza lá, tipo,  dizer que, tipo, não vamos à festa! Esta é da minha Maria.

E, prontos e portantos , assim se fala o bom Português.

 

 

 

 



publicado por Estupefacta às 20:35 | link do post | comentar

26 comentários:
De Inês a 28 de Fevereiro de 2008 às 21:09
Olá!! Já faz algum tempo que não passo por cá..
Realmente cada vez falamos mais estranhamente e complicadamente. :S Mas também se vierem muitos acordos ortográficos nos próximos anos, a maneira como agora falamos vai ser sem dúvida muito correcta..
Beijinhos e um resto de uma boa semana


De Estupefacta a 28 de Fevereiro de 2008 às 22:23
Olá Inês
O tempo é pouco nesta altura do campeonato. Os alunos queixam-se com os testes e os professores com a elaboração e correcção. Bem, nem imaginas as respostas que encontro.... é mesmo de ficar estupefacta e com cada calinada que só lido, porque ninguém iria acreditar.
A língua também continua a evoluir e nem sempre a acompanhamos, mas há coisas básicas (digo eu).
Tens razão, com tanto acordo, um destes dias não saberemos falar Português de Portugal.
Um grande beijinho e boa sorte para os testes


De jts a 28 de Fevereiro de 2008 às 22:07
Oi, Mariazinha... como vais? Tudo bem?
Eu não sou professor de português, essa língua maravilhosa das mais faladas em todo o mundo. Mas, quando tenho dúvidas vou logo procurar a gramática de Tomaz de Barros", onde quase sempre encontro a solução para as minhas dúvidas. É que a língua portuguesa não é para brincadeiras. É das línguas faladas, das mais difíceis do mundo. Penso que até o chinês é mais fácil de aprender.
Por isso, persistência e muita vontade e o português será aprendido.
Um abraço. JTS


De Estupefacta a 28 de Fevereiro de 2008 às 22:25
Olá Jts
De facto, a língua Portuguesa é muito difícil , comparativamente com a Inglesa por exemplo, mas não deixa de ser linda.
Já estou céptica em relação à aprendizagem. Cada vez se escreve e lê menos.
Beijinhos


De jts a 29 de Fevereiro de 2008 às 17:29
Pois, ainda bem que concordas com os meus humildes comentários...
A epítome da gramática portuguesa, é por vezes muito complicada, mas não é indecifrável...
É preciso ler, ler muito para que se possa tirar o rendimento do estudo. O atributo muitas vezes não liga com o acessório, ou porque o agente da passiva é menos determinante, mas no todo, exprime o concreto, como desejamos.
Por isso minha querida amiga, o difícil, torna-se fácil quando queremos.
"Por mares nunca dantes navegados...", - escrevia Luís de Camões. Por escolas muito pouco aproveitadas, diria eu...
Um beijo, JTS


De Estupefacta a 5 de Março de 2008 às 11:13
O gosto pela leitura está na base do sucesso escolar. Cada vez se lê menos. Apanho alunos no 10º ano que nunca leram um livro. A escola tem muita culpa nisso, mas as famílias não se podem demitir.
Um grande beijinho


De Júlia a 28 de Fevereiro de 2008 às 22:13

Ainda hoje me ria com a minha mãe, por ela tb dizer "disvorciada". hehehe


De Estupefacta a 28 de Fevereiro de 2008 às 22:19
A minha é mais RODOFONE , quando liga para mim e não estou disponível, eh eh. Já nem ligo, farto-me de rir.
Um grande beijinho Júlia (um dia conto-te porque gosto do teu nome)


De anamariacharrua a 29 de Fevereiro de 2008 às 00:50
Olá....eu já não estou estupefacta....Com adolescentes, ou quase, em casa....é o prato do dia...
Ou então, nesta vilica do interior, não sendo daqui, preciso de um dicionário, ás vezes....
Mas estes regionalismos de linguagem até são mais "naturais", digo eu...mas falar mal, fala-se em todo o lado...
Nunca percebi esta, de Lisboa, em que toda a gente diz " dromir". Já reparou? Sempre me meteu impressão isso. Ou só nós , do norte é que repara-mos? Bjs. Parabens pelo post. Está divertido.


De Estupefacta a 29 de Fevereiro de 2008 às 06:58
Olá Ana
A Maria costuma falar uma linguagem muito «tipo», repete esta palavra 4 a 5 vezes numa frase. Tento corrigi-la, mas é o «pão nosso de cada dia». As expressões regionais são bem giras e têm sempre uma história, embora reconheça que o seu significado nem sempre é fácil.
Cá para estes lados dizem «dromir», «Federico», «supresa» e por ai fora. É tão normal ouvir-se este tipo de palavras....
Beijinhos grandes


De Genny a 29 de Fevereiro de 2008 às 10:59
Esse tipo de linguagem faz-me impressão aos meus ouvidos. Não sei falar com palavras caras, mas nunca adoptei esse género de palavras. Já não posso dizer o mesmo da minha adolescente: bué, ya, meu, tipo e por aí fora. Mas a maioria das vezes volto a olhar para ela e repete o mesmo... em português!
Bom fim de semana com muito sol.
Bjinhos


De Estupefacta a 5 de Março de 2008 às 11:15
Não é fácil modificar o modo de falar. Acredita que detesto ouvir falar assim. Fala-se e escreve-se muito mal por este Portugal. A Maria fala assim e estou sempre a corrigi-la, mas com os amigos é comum.
Um grande beijinho


De tranquilidade a 29 de Fevereiro de 2008 às 13:04
é uma moda que anda aí e que vai andar por muito tempo. é como a escrever mensagens no telemóvel, por ex: o k achas? o k keres, o deve ser para economizar uma letrinha não sei..., mas vamos habituando.
como professora o que pensas do novo acordo ortográfico? porque razão temos nós mais alterações do que o português do Brasil?
muitos beijinhos


De Estupefacta a 16 de Março de 2008 às 09:45
Olá Tranquilidade
Desculpa pela resposta tardia. O novo acordo ortográfico é mais um passo para perdermos a nossa identidade.
As sms causam-me urticária.
Um grande beijinho


De blogando-me1 a 29 de Fevereiro de 2008 às 15:08
Oi amiguinha, passei para te deixar um beijinho e desejar-te um bom fim de semana.
Bjs fofos


De Estupefacta a 5 de Março de 2008 às 11:16
Tens sido impecável, uma boa amiga.
Beijinho grande


De Migas a 29 de Fevereiro de 2008 às 18:11
Este parecia um post à la "morangos"!
Que cena! Tipo, cooll, tás a ver?
Falar ainda vá que não vá. Ainda me lembro dos 15 ou 16 anos serem "bué de" tudo e muito "baril".
Agora o que me passa mesmo é a nova linguagem que eles inventaram para falar no msn ou nas SMS, toda abreviada, que ninguem entende e que, digo eu, faz com que daqui a uns tempos ninguem escreva nada sem erros.
Beijos


De Estupefacta a 5 de Março de 2008 às 11:18
Querida Migas, nem imaginas a dificuldade que tenho em perceber esse tipo de linguagem. Se te contasse como os meus alunos escrevem e falam, não acreditavas.
Um grande beijinho


De Sara Mendes a 29 de Fevereiro de 2008 às 19:45
Mt traiçoeiro esse portugues !! xD

Gostei do post*


De Estupefacta a 5 de Março de 2008 às 11:19
Olá Sara
A língua portuguesa é de facto traiçoeira, difícil, mas com leitura e treino tudo se consegue.
Obrigada por teres gostado do post .
Um beijinho grande


De guguinha a 1 de Março de 2008 às 10:15
Olá,
Quando damos conta já estamos a usar as mesmas frases. Passo a vida a corrigir ,principalmente quando estão no messenger e vejo como escrevem passo-me. Obrigo a apagar e a escrever direito. " Oh mãe assim nunca mais acabo!" " pois , pois ,depois vais para os testes e escreves assim!" Por vezes quando falo com o meu sobrinho André de 15 anos no messenger tenho de pedir a tradução. Agora já sei alguns lol . Guguinha


De Estupefacta a 5 de Março de 2008 às 11:21
Olá Guguinha
Eu não consigo ler nada no msn não só por causa das abreviaturas e palavras que não conheço, mas também por causa da bonecada. Estou a ficar velha é o que é.
Mil beijinhos


Comentar post

mais sobre mim
Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
26

27
28
29
30
31


posts recentes

A Pensar em si

Bendito serás

Feminino Singular

Todos devemos ajudar

Ainda há milagres

Podia

Acordo ortográfico

Gostei de ver e ouvir

Intimidade ou higiéne?

É bonito

Sem título

Agitação social

Desde que

Preciso

A Estupefacta sou eu

Não consigo preparar-me

Como uma mulher pode alte...

Excelente ideia e melhor ...

Genes cor de rosa

E assim se tapa o Sol

arquivos
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds