Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2007

 

 

(imagem retirada da Net, como todas as outras)

 

Estou com o tempo virado às avessas. Nestas alturas precisava que o dia tivesse mais de 24 horas para poder fazer tudo o que tenho agendado e não consigo.

Mais uma vez  as avaliações aproximam-se deixam-me sempre sobrecarregada de trabalho.

Avaliar não é fácil, como já referi em posts anteriores, e é uma coisa que mexe muito comigo. A verdade é que não estou a avaliar os alunos enquanto pessoas, mas em relação às competências adquiridas... mas não deixo de sofrer com isso.

 

Perdoem-me não ter feito qualquer comentário nos blogues que habitualmente visito e sem os quais não consigo passar, mas não tenho tido mesmo tempo. Tenho-me limitado a passar, ver se está tudo bem e penso sempre «amanhã vou conseguir»... mas não tenho conseguido.

A Maria requer a minha atenção cada vez mais, não tem estado a 100% de saúde e nem sei bem o que se passa com ela. Ora se queixa dos dentes, ora da cabeça.....

Depois tenho os meus pais.... o meu pai dizia ontem que «já era véspera de Natal». É-me díficil aceitar isto e nem sei como lidar com este problema; a minha mãe reclama porque anda estenuada... vou fazendo o que posso e todas as horas livres são repartidas entre eles e a Maria.

O Natal avizinha-se... as minhas prendas estão compradas, embora saiba que à última hora terei de comprar sempre mais uma. Agora dedico-me a fazer compras para os meus pais.

Bem, tudo isto para pedir formalmente desculpa a todos os que carinhosamente aqui vêm, ver como estou e que deixam o seu comentário. Não estou a pôr em acção a lei do retorno da vida.

Para a semana espero pôr as coisas em dia e dedicar-me a quem merece e vocês, amigos, merecem.

Estou, ainda por cima, furiosa: marcaram-me reuniões para todos os dias. Tenho dias em que a primeira reunião é às 8h30 e a segunda é às 16H00. Devem gostar muito que permaneça lá na escola, só pode.

 

 

Fica aqui, formalmente,  o meu pedido de desculpas... Não gosto nada de não responder aos comentários e de não os fazer nos blogues de quem gosto muito.

 

 

 

 

 


tags: , , ,

publicado por Estupefacta às 21:39 | link do post | comentar

18 comentários:
De Milena a 14 de Dezembro de 2007 às 10:55
Olá Amiga!
Todos nós fazemos maratonas contra o tempo e ele vence sempre!
Às vezes paramos e perguntamos aonde fica a nossa vida, com tantas coisas que temos de fazer ao mesmo tempo.
Dou-te uma força especial para lidares com a situação dos teus pais, porque sei o quanto é difícil percebemos que eles envelhecem e que tanta falta nos fazem, e o quanto isso nos entristece no nosso interior sem muitas vezes o querermos demonstrar.
Um grande, grande beijinho para vocês!


De Estupefacta a 14 de Dezembro de 2007 às 21:56
Querida Milena, a minha vida ficou para trás, pelo menos por mais uns tempos. Receio não poder depois apanhá-la, mas neste momento há quem precise mais de mim.
Os meus pais não estão nada bem, sobretudo o meu pai. É triste ver a degradação de quem nos é tão querido. Brinco muito com eles e com a situação, mas quando entro no meu carro e assim que aceno o último adeus, as lágrimas saltam-me logo. Não consigo evitar.
Um grande beijinho e obrigada pela tua força


Comentar post

mais sobre mim
Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
26

27
28
29
30
31


posts recentes

A Pensar em si

Bendito serás

Feminino Singular

Todos devemos ajudar

Ainda há milagres

Podia

Acordo ortográfico

Gostei de ver e ouvir

Intimidade ou higiéne?

É bonito

Sem título

Agitação social

Desde que

Preciso

A Estupefacta sou eu

Não consigo preparar-me

Como uma mulher pode alte...

Excelente ideia e melhor ...

Genes cor de rosa

E assim se tapa o Sol

arquivos
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds