Sábado, 29 de Setembro de 2007

 

 

 

 

Não posso deixar de estar inquieta e apreensiva face ao NOVO ESTATUTO DA CARREIRA DOCENTE.

Vivemos dias em que o sucesso escolar é uma prioridade para todos nós, para toda a comunidade educativa. Sucesso escolar implica, entre outras e muitas coisas, encontrar, aplicar estratégias diferenciadas a cada educando, tendo em conta toda a sua especificidade enquanto individuo.

Pergunto: será que as visitas de estudo (a aprendizagem in loco) não fazem parte dessas estratégias? Se fazem, porque não as podemos promover? Porque é que as faltas, em serviço, mesmo quando as restantes turmas ficam asseguradas e com planos de aula feitos atempadamente, contam para os 95% das aulas dadas, contam para a avaliação de desempenho? Não percebo, não faz sentido.

A grande maioria dos docentes é colocada a quilómetros de distância da sua casa. Estão sujeitos a inúmeras condicionantes, estão sujeitos a obstáculos que lhes são externos, como por exemplo, acidentes de viação (dos próprios ou de terceiros) que, obviamente poderão condicionar a sua chegada ao 1º e 2º toques. Pergunto: como justificaremos essas faltas? Os «artigos 102», de acordo com o novo estatuto, terão de ser «metidos» com 3 dias de antecedência. Como é que se prevê um acidente? Como é que se prevê uma indisposição, como é que se prevê uma «queda num charco de água»? Perguntas que podem parecer idiotas, mas «os azares» acontecem.

Os professores são colados 1 ano no Porto e no ano seguinte no Algarve . Onde está o trabalho contínuo que se pretende? E os projectos que se iniciam na escola anterior onde ficam? Recomeçam, ficam apenas pelo começo? Os testes de diagnóstico são elaborados, analisados e são tiradas as várias conclusões dessa análise. Os problemas comuns e individuais são trabalhados ao nível dos conselhos de Turma. Há toda uma despistagem que é feita por aqueles docentes, cujo seu trabalho é assente naquela realidade.

Todos sabemos que os projectos não surtem um efeito imediato, mas a médio e a longo prazo. Ora, se passado um ano as condições mudam, os professores são outros, pergunto: Quem dará continuidade? Não estaremos sempre a voltar ao início, a recomeçar, não estarão os nossos objectivos sempre adiados?! Será esta a nossa grande MOTIVAÇÃO???

Quantas são as escolas sem condições (é verdade, as notícias dão-nos conta que todas as escolas estão devidamente equipadas, com salas de aulas que reúnem todas as condições para a prática docente e para um ensino com sucesso), quantas são as escolas cujos pavilhões são «contentores», cujas paredes têm infiltrações de água, sem aquecimento, sem luz natural, sem materiais e equipamentos considerados básicos?

Bem sei que a maior parte dos alunos, filhos de pessoas «que têm direitos» não frequentam as escolas públicas e, por isso, não estarão sujeitos a estas condicionantes. E os restantes 2 milhões?!

Este pequenos apontamento fica por aqui, mas terá em tempo útil, continuação.

 

 

 

 

 


sinto-me Sem respostas

publicado por Estupefacta às 12:15 | link do post

De raio a 29 de Setembro de 2007 às 15:19
... parece que os problemas relacionados com o ensino estão longe de estar resolvidos ... pelo que me disseram os problemas inedrentes à aplicação do novo estatuto de carreira docente terá outras implicações ... nomeadamente na avaliação dos alunos ... e na forma como estes poderão ver as suas notas artifialmente subidas por professores sem escrupulos para que consigam ver a sua classificação ou avaliação melhor colocada ... será verdade?
se tiveres mais indicações sobre este tema agradeço que me envies ... para que eu também poossa fazer um artigo sobre a matéria...
sAUdações
Raio do Blogue Trovoada Seca


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
26

27
28
29
30
31


posts recentes

A Pensar em si

Bendito serás

Feminino Singular

Todos devemos ajudar

Ainda há milagres

Podia

Acordo ortográfico

Gostei de ver e ouvir

Intimidade ou higiéne?

É bonito

Sem título

Agitação social

Desde que

Preciso

A Estupefacta sou eu

Não consigo preparar-me

Como uma mulher pode alte...

Excelente ideia e melhor ...

Genes cor de rosa

E assim se tapa o Sol

arquivos
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds