Sexta-feira, 29 de Junho de 2007

A ESTUPEFACTA

Hoje deu-me para isto...

Que personagem tão estranha:  mulher, mãe, filha, professora, cristã...

A ESTUPEFACTA é isto tudo. É uma personagem com várias dimensões, com vários papéis, como tantas outras.

Sou Mulher, mãe, não deixei de ser filha, dou aulas e sou cristã.

Então porque não escrevo só coisas de Deus?! É a pergunta que se impõe.

Porque Cristianismo é um modo de vida, não é uma religião, não é um conjunto de regras.

Creio profundamente num Deus vivo, que ressuscitou e não está mais morto na Cruz, que deixou as «palhinhas» e que tudo pode fazer nas nossas vidas, assim nós o permitamos.

Professora «modelo»? Não. Cometo tantos erros, tantas falhas. Dou comigo a gritar «aqui ninguém fala mais alto do que eu» e, na verdade sou eu quem mais alto fala. Ensino bem? Nem me atrevo a dizer o que quer que seja.

Sou mãe. Este foi e será sempre o «meu papel principal», ao jeito da Adelaide Ferreira. Aqui dou o tudo por tudo: para proteger a minha cria, para suprir as suas necessidades, para a mimar, para a corrigir sempre que necessário, para tudo.

Confesso que não estava muito preparada para a maternidade, ainda não tinha deixado de ser filha... Foi estranho quando me vi com a minha filha nos braços e, reconheço, que não dei a relevância que se impunha ao acontecimento. Deixei «escapar» muitos momentos.

Quando estamos na casa dos 20 damos importância a outras coisas: a carreira, a afirmação pessoal e profissional estavam por demais presentes. Arrependida? Sim e não.

Sim, porque podia, agora, não ter este sentimento de culpa em relação «às gracinhas da Maria». Não, porque agora a Maria tem a tão desejada estabilidade económica que é o «suporte» de todas as outras estabilidades.

Mulher? aprendi a ser. Tantas infantilidades impensadas, tantas palavras ditas, tantos amuos, tantas birrinhas. Para quê? Para acabar com o meu casamento, para deixar partir o homem que sempre amei.

Sou feliz? Graças a Deus! Posso dizer que sim. Sou feliz com tudo o que tenho e tenho tudo o que preciso, não tenho, ainda, tudo o que desejo (mas lá chegarei).

Optimista? O mais possível. Creio sempre que a altura mais escura da noite é sempre imediatamente antes do Sol nascer.

Mulher, mãe, filha, profissional, cristã sempre em constante luta, em batalha. Nunca desisto daquilo em que acredito.

Impulsiva? Muito, mas em remodelação...

Nunca sofri? Engana-se quem assim pensa. Aproveitei as horas de sofrimento para dar esboço ao meu projecto de vida.

A Estupefacta é isto: chora, ri, acredita, ama.


sinto-me deu-me para isto

publicado por Estupefacta às 21:55 | link do post | comentar

14 comentários:
De Milena a 29 de Junho de 2007 às 23:08
E parabéns pela pessoa que és!


De Estupefacta a 29 de Junho de 2007 às 23:11
Também estás de Parabéns, pelo que és e tu és tudo isto também.
Pena que distem 300 Kms ...
Beijinhos e obrigada por estares sempre presente


De Milena a 29 de Junho de 2007 às 23:58
Obrigada pelo mimo... como sabe bem ler uma coisa bonita.


De Estupefacta a 30 de Junho de 2007 às 15:25
Mereces Milena
Não fiques triste por causa das amizades.
As pessoas nem sempre (ou quase nunca) são o que dizem ser. Mas há ainda excepções, graças a Deus.
Um beijinho e que o brilhe sempre na tua vida


De flor_incognita a 30 de Junho de 2007 às 09:03
Sim...em resumo...a estupfacta é alguém que aprendeu com os erros...cresceu e amadureceu e tornou-se ou será que sempre foi...uma grande mulher...e quando digo que uma pessoa é uma grande mulher ...nãoi estou a dizer que não tem defeitos,pois todosnós os temos...uma grande mulher no sentido da vida que leva...e como lutou para chegar onde chegou!
Eu sei que sim que és uma boa mulher...1
BOM FIM DE SEMANA!
BEIJOS



De Estupefacta a 30 de Junho de 2007 às 15:23
Flor
As tuas palavras deixam-me .
Aprendemos todos com os erros, pena que seja sempre assim
Para ti, uma grande Mulher e uma grande Mãe deixo-te um grande beijinhos e desejos de um excelente fim de semana


De daplanicie a 30 de Junho de 2007 às 10:19
Adorei o post e fiquei a conhecer-te um pouco melhor. E ainda bem!
Um grande beijinho para ti e votos de um óptimo fim de semana.


De Estupefacta a 30 de Junho de 2007 às 15:21
boa tarde Luz Rosa
Ainda bem. Assim ficamo-nos a conhecer melhor.
Um beijinho muito grande e um óptimo fim de semana


De himitsu a 30 de Junho de 2007 às 15:06
Vim cá dar um olhinho, gostei imenso do que vi. Vou voltar de certeza.

Beijinhos


De Estupefacta a 30 de Junho de 2007 às 15:19
Obrigada Himitsu.
Também gostei muito do que vi quando visitei o teu blogue.
Beijinhos e fico à espera de mais visitas. Irei sempre também ao teu blogue.


De Pedro de Sousa a 30 de Junho de 2007 às 19:25
Ola

O importante não é o que fizeste mal... é o que aprendeste com o que fizeste mal... isso é bom. significa que a "cura" esta a caminho

Obrigado pela tua visita aO Filosofo. Vai aparecendo

Beijinhos


De Estupefacta a 30 de Junho de 2007 às 20:33
Olá Mikerinos
A cura já chegou.
Sempre que posso espreito o Filosofo, o Eremita e....
e gosto.
Volta mais vezes. A opinião de um HOMEM é sempre importante e diferente.
Beijinhos


De Dafne a 2 de Julho de 2007 às 02:59
Olá.Muito bonita tua constatação de ti mesma.Quando eu crescer quero ser assim, he he...Muitos beijinhos!


De Estupefacta a 3 de Julho de 2007 às 10:01
Ola Dafne
Desculpa não ter respondido de imediato, gosto de o fazer.
Não queiras ser como eu, tenho muitos defeitos
Um beijinho grande


Comentar post

mais sobre mim
Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
26

27
28
29
30
31


posts recentes

A Pensar em si

Bendito serás

Feminino Singular

Todos devemos ajudar

Ainda há milagres

Podia

Acordo ortográfico

Gostei de ver e ouvir

Intimidade ou higiéne?

É bonito

Sem título

Agitação social

Desde que

Preciso

A Estupefacta sou eu

Não consigo preparar-me

Como uma mulher pode alte...

Excelente ideia e melhor ...

Genes cor de rosa

E assim se tapa o Sol

arquivos
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds