Sexta-feira, 22 de Junho de 2007

O MEDO

 

 

«Sentimento de inquietação que se sente com a ideia de um perigo real ou aparente, terror, receio, temor, apreensão» (de acordo com dicionário).

Todos sentimos medo de alguma coisa: de uma doença, de um exame, de perder um amor, de não ter dinheiro....

Este sentimento leva-nos a proferir palavras, que reflectem este estado da alma. Leva-nos a fazer determinadas coisas, que muitas vezes contradizem as nossas convicções, os nossos desejos, as nossas aspirações.

O Medo «entra» nas nossas mentes das mais variadas formas: quando vemos, lemos e/ou ouvimos uma notícia (sobre um ataque terrorista, sobre casos de pedofilia , sobre o aumento do numero de casos de cancro, sobre a gravidez na adolescência, sobre a violência que se faz sentir nas nossas escolas, sobre violação...), quando vamos ao míni mercado (e ouvimos a senhora a falar que fulano de tal teve um acidente e está em coma, que o filho da vizinha morreu num acidente de mota, que o marido da outra se foi embora de casa e deixou-a com 2 filhos, que aquele rapaz tão sossegado anda em más companhias e meteu-se na droga....), quando ouvimos as confidências dos nossos amigos (ele agrediu-me física e verbalmente, ele está a chegar cada vez mais tarde, descobri um número de telefone na sua lista que não conheço...). São tantas as fontes do medo, que por mais que falasse delas não se esgotariam.

A nossa mente prodigiosa põe a trabalhar todas estas informações recebidas e, sem darmos conta, estamos a viver aqueles momentos. Damos por nós a mexer no casaco dos maridos, a dar grandes sermões aos filhos e filhas sobre os perigos da droga, sobre as más companhias, sobre o «perigo dos rapazes»... Enfim, deixamos que o MEDO nos apanhe.

Quantas foram as vezes que o marido ficou retido no trânsito e desatamos a ligar para o telemóvel (que por acaso ficou sem bateria) e damos largas à nossa imaginação: ele está com outra, a colega do trabalho é mais nova e usa uns decotes provocantes (é uma oferecida), teve um acidente (até ouvimos as sirenes das ambulâncias...).

De facto, não podemos impedir que um pássaro pouse na nossa cabeça. Mas podemos impedir que ele faça lá um ninho.

O que tenho de fazer então? Simples, basta enxotar o pássaro tantas vezes quantas as necessárias, até que ele perceba que tem de procurar outro lugar para fazer o ninho.

Isto pode ser feito em relação aos pensamentos negativos, àqueles que atraem o medo. Se ocorrerem (porque ocorrem) não os devemos alimentar, dar-lhes força.

Este alimentar de pensamentos negativos traz-nos consequências e determina o nosso modo de agir e de falar. Quando damos conta já estamos a fazer um interrogatório policial ao marido, ao filho, já estamos a dizer coisas do género «já não gostas de mim, andas com outra», «eu para ti já não significo nada, perdeste todo o interesse que tinhas por mim», «engordei 3 quilos é isso? A tua colega tem menos 10 anos e tu...». Ou: «o que é que ficaste a fazer na escola até tão tarde, não vais ser ninguém na vida, és um fraco», «andas em bons caminhos... a partir de agora acabaram-se as saídas com as amigas... estás de castigo».

Não só dizemos coisas, como agimos em conformidade com o que dizemos: a cara azeda permanece durante o jantar, já não vestimos a lingerie  que ele tanto gosta (só não vamos de robe para a cama porque está calor), tiramos a play station do quarto dos miúdos... Enfim, acabamos por gerar no nosso lar e na nossa vida um clima onde ninguém se sente bem e, aí sim, o marido vai começar a perder a vontade de voltar cedo para casa e o filho vai ficar mais tempo na rua (porque já não tem o seu entretenimento preferido em casa).

 O MEDO É NOSSO INIMIGO: ATRAI COISAS NEFASTAS. LEVA-NOS A FAZER COISAS QUE NÃO QUEREMOS. AFASTE-O DA SUA MENTE.

A mente é «um campo de batalha». Um dias destes falo sobre isto...


sinto-me Iluminada
música Quem tem medo do lobo mau?
tags: , , , ,

publicado por Estupefacta às 08:44 | link do post | comentar

13 comentários:
De amigodistante a 22 de Junho de 2007 às 11:45
Antes demais é um prazer comentar neste blog.

Faz pouco tempo que estou nesta fase dos blogs, encontrei o seu blog por amiga comum que tem um blog por si comentado Luta e conquista após isto "apaixonei-me" por a maneira como escrevem com sentimento e simplicidade.

Concordo em pleno com as suas duas ultimas publicações do João e do medo.

Esta sociedade é o que é e nunca vai mudar.
Uma amizade é um amizade e quando é verdadeira nada a destrói.
Eu sou homem mas isso não me impede de ter amigas verdadeiras e será que ninguém acredita que uma mulher pode simplesmente ter uma relação de amizade com um homem, pensam logo: amantes, amigos coloridos sei enfim ... é mentalidade que temos não dá para mais.
Posso dizer que a milha melhor amizade é uma mulher e que mulher. Almoço quando com ela quando me apetece, brinco e divertimos-nos muito por vezes parecemos uns putos. Em relação aos outros pensam estou nas tintas a pensam o que quiser,tenho pensamento muito positivo e ninguém nem nenhum medo o irá afectar.

O relação ao medo, já passei por ele e com algumas consequências já ultrapassadas, o ninhos são para ficar nas arvores, mas tenho de admitir quase me destruíram, enfim consegui ultrapassar e hoje tenho a certeza que medo aparece mas os pensamento positivos pegam no ninhos e pufs ... desaparecem.

Um xi muito grande e muitos parabéns pela sua forma de ver a vida, é uma grande mulher com toda a certeza.

ufs ....... acabei


De Amigodistante a 22 de Junho de 2007 às 16:56
bem que posso dizer era só um comentário enfim apaga e dexei só um

obrigado e bom fim de semana


De Estupefacta a 22 de Junho de 2007 às 20:41
Amigo Distante
Mas não tão distante. Afinal próximos no modo como estamos com a vida.
Luta e Conquista «amiga comum» é um verdadeiro exemplo de vida a seguir. Gosto muito do blogue dela e ando sempre a ver se escreve novos posts, mas o trabalho deve ser muito.
Fiquei maravilhada com os elogios que teceu e por apreciar o modo como escrevo. Obrigada por todas as palavras deixadas.
Um grande beijinho e espero que volte sempre


De amigodistante a 22 de Junho de 2007 às 12:24
Os meus parabéns pela sua escrita.

Conheci o seu blog por uma amiga comum(Luta e Conquista) e diga de passagem que me "apaixonei" pela vossa maneira de escrever e pela vossa sinceridade.

Já algum tempo que ando para comentar, mas ainda não tinha tido as palavras certas, mas as ultimas publicações deixaram-me a pensar...

Amizades de sexo oposto e O Medo.

Tenho poucas amigos verdadeiros, mas o melhor é uma mulher almoçamos, rirmos, brincamos e por vezes parecemos uns putos e é lindo e algo que nunca quero perder e podem ter a certeza é so uma grande amizade.
Por tudo isto a sua amizade vale muito, o que outros pensam o que quiserem o que importa é o bem estar "ego" tem de estar bem,para estarmos bem com os outros a isto chama-se pensamento positivo.
Em relação a Medo já pensei por ele, quase destrui a minha vida, já passou.
Hoje o medo pode aparecer mas pego nos ninhos e pufs desaparecem, porque a mente como disse é campo de batalha é preciso fazer que a vitoria fique do nosso lado.
Alegria e o nosso pensamento positivo é a chave para a vitoria.

um xi grande e muitos parabéns por tudo o que escreve de certeza que é uma grande mulher e mãe.
continue a escrever ... fica bem e até outro dia.


De AmigoDistante a 22 de Junho de 2007 às 12:25
Os meus parabéns pela sua escrita.

Conheci o seu blog por uma amiga comum(Luta e Conquista) e diga de passagem que me "apaixonei" pela vossa maneira de escrever e pela vossa sinceridade.

Já algum tempo que ando para comentar, mas ainda não tinha tido as palavras certas, mas as ultimas publicações deixaram-me a pensar...

Amizades de sexo oposto e O Medo.

Tenho poucas amigos verdadeiros, mas o melhor é uma mulher almoçamos, rirmos, brincamos e por vezes parecemos uns putos e é lindo e algo que nunca quero perder e podem ter a certeza é so uma grande amizade.
Por tudo isto a sua amizade vale muito, o que outros pensam o que quiserem o que importa é o bem estar "ego" tem de estar bem,para estarmos bem com os outros a isto chama-se pensamento positivo.
Em relação a Medo já pensei por ele, quase destrui a minha vida, já passou.
Hoje o medo pode aparecer mas pego nos ninhos e pufs desaparecem, porque a mente como disse é campo de batalha é preciso fazer que a vitoria fique do nosso lado.
Alegria e o nosso pensamento positivo é a chave para a vitoria.

um xi grande e muitos parabéns por tudo o que escreve de certeza que é uma grande mulher e mãe.
continue a escrever ... fica bem e até outro dia.


De AmigoDistante a 22 de Junho de 2007 às 12:26
Os meus parabéns pela sua escrita.

Conheci o seu blog por uma amiga comum(Luta e Conquista) e diga de passagem que me "apaixonei" pela vossa maneira de escrever e pela vossa sinceridade.

Já algum tempo que ando para comentar, mas ainda não tinha tido as palavras certas, mas as ultimas publicações deixaram-me a pensar...

Amizades de sexo oposto e O Medo.

Tenho poucas amigos verdadeiros, mas o melhor é uma mulher almoçamos, rirmos, brincamos e por vezes parecemos uns putos e é lindo e algo que nunca quero perder e podem ter a certeza é so uma grande amizade.
Por tudo isto a sua amizade vale muito, o que outros pensam o que quiserem o que importa é o bem estar "ego" tem de estar bem,para estarmos bem com os outros a isto chama-se pensamento positivo.
Em relação a Medo já pensei por ele, quase destrui a minha vida, já passou.
Hoje o medo pode aparecer mas pego nos ninhos e pufs desaparecem, porque a mente como disse é campo de batalha é preciso fazer que a vitoria fique do nosso lado.
Alegria e o nosso pensamento positivo é a chave para a vitoria.

um xi grande e muitos parabéns por tudo o que escreve de certeza que é uma grande mulher e mãe.
continue a escrever ... fica bem e até outro dia.


De Pituxinha a 22 de Junho de 2007 às 14:53
Olá minha kerida! Tens mais uma nomeação no meu blog pituxinhapirikita, tinha k ser amiga, é bem merecido por tudo o k escreves. Gosto muito de ti. Beijokas


De Estupefacta a 22 de Junho de 2007 às 20:43
Pituxinha
Tu passaste e ficaste.
Obrigada amiga por nunca te esqueceres.
Um grande beijinho e desejos de que tudo esteja melhor.
Esta nomeação teve um significado especial.


De Carla a 22 de Junho de 2007 às 16:54
Olá,
Eu costumo dizer que o medo paraliza-nos. Paraliza-nos e impede-nos de tomar determinadas atitudes na vida tudo porque não sabemos o que esperar. Mas temos que viver com o Medo não é? Confesso-te que este é para mim um dos piores senão o pior dos sentimentos... destrói-nos aos pouquinhos.
Bjs


De Estupefacta a 22 de Junho de 2007 às 20:46
Pois é Carla
O Medo é como um cancro, vai corroendo e deixa metástases .
As vezes paralisa-nos outras impulsiona-nos para o lado que não queremos.
Não deixes que o medo te vença. És mais forte que ele.
Um grande beijinho e vou nomear-te para as 7 maravilhas (isto se já não tiveres sido nomeada, o que é o mais provável)
Um beijinho grande


De Estupefacta a 22 de Junho de 2007 às 20:50
Pois é Carla
O medo é como um cancro, vai corroendo por dentro e deixa metástases.
As vezes paralisa-nos outras impulsiona-nos para onde não desejamos ir.
Não deixes nunca que o medo te vença. És mais forte, acredita.
Vou nomear-te para as 7 MARAVILHAS (isto claro se já não tiveres sido nomeada, o que é o mais provável)
Um beijinho grande


De flor_incognita a 22 de Junho de 2007 às 20:18
Se eu soubesse controlar todos os meus medos e receios....
ai que bom que era...!
BEIJOS e bom fim de semana


De Estupefacta a 22 de Junho de 2007 às 20:53
Flor amiga
Quando estava a escrever este post lembrei-me de ti, foste a minha musa inspiradora (e sabes a razão).
Não tenhas medos, és mais que VENCEDORA em todas as áreas da tua vida. É nisto que tens de acreditar.
Um beijinho e obrigada pela nomeação (tal como disse à Pituxinha , esta nomeação tem um significado especial)


Comentar post

mais sobre mim
Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
26

27
28
29
30
31


posts recentes

A Pensar em si

Bendito serás

Feminino Singular

Todos devemos ajudar

Ainda há milagres

Podia

Acordo ortográfico

Gostei de ver e ouvir

Intimidade ou higiéne?

É bonito

Sem título

Agitação social

Desde que

Preciso

A Estupefacta sou eu

Não consigo preparar-me

Como uma mulher pode alte...

Excelente ideia e melhor ...

Genes cor de rosa

E assim se tapa o Sol

arquivos
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds