Sábado, 16 de Junho de 2007

 

Paixão, de Rui Veloso

 

Porque marca os anos 90, quando conheci a pessoa que sempre amei.

 

Tu eras aquela
que eu mais queria
pra me dar algum conforto e companhia
era só contigo que eu sonhava andar pra todo o lado e ate quem sabe talvez casar
ai o que eu passei só por te amar
a saliva que eu gastei para te mudar
mas esse teu mundo era mais forte do que eu e nem com a forca da musica ele se moveu.

mesmo sabendo que não gostavas
empenhei o meu anel de rubi
para te levar ao concerto que havia do Rivoli

e era só a ti que eu mais queria
ao meu lado no concerto nesse dia
juntos no escuro de mão dada a ouvir
aquela musica maluca sempre a subir
mas tu não ficaste nem meia hora
não fizeste um esforço pra gostar e foste embora
contigo aprendi uma grande lição
não se ama alguém que não ouve a mesma canção

mesmo sabendo que não gostavas
empenhei o meu anel de rubi
para te levar ao concerto que havia do Rivoli

foi nesse dia que percebi
nada mais por nos havia a fazer
a minha paixão por ti era um lume
que não tinha mais lenha
por onde arder

mesmo sabendo que não gostavas
empenhei o meu anel de rubi
para te levar ao concerto que havia do Rivoli

 

 

 

 

Tu Levaste a Minha Vida, Tony Carreira

 

Porque marca a sua ausência na minha vida.

 

 

Tu levaste a minha vida
E a vontade de viver
Só deixastes no meu peito
Um pobre coração desfeito
Que não sabe mais bater

Tu levaste a minha alma
Só o meu corpo esta aqui
Tudo o resto foi contigo
E hoje tento e não consigo
Sequer mandar em mim

Quero voltar a amar
Quero deixar de andar
Assim tão à deriva
Quero encontrar alguém
Mas nem isso já sei
Pois tu levastes a minha vida
Contigo

Tu levaste a minha vida
E a essência do meu ser
Só deixastes no meu fundo
Uma dor maior que o mundo
Que não para de doer

Tu levaste a minha vida
Contigo

 

Filho Pródigo

 

Porque marca o meu viver.

 

 

Eu vim aqui pedir perdão a Deus

eu sou aquela ovelha que um dia se perdeu

alma ferida, sofri tanto nesta vida

de todo o coração, eu vim pedir perdão meu Deus

Nas noites frias, na minha solidão

eu lembrava das manhãs na casa do Senhor

eu tinha paz, tanta calma na minha alma

com as palavras tão bonitas

que dizia o meu pastor

Hoje voltei para dizer toda a verdade

estava morrendo de saudades

do meu Pai e meus irmãos

por onde andei não achei felicidade

ó Senhor tem piedade

me aceita outra vez

Fui enganado, perdi-me completamente

a gente infelizmente só aprende pela dor

Senhor ajuda esta ovelha perdida

que aprendeu no sofrimento

só Jesus é o caminho

a verdade e a vida

 


sinto-me em amor e com amor
música Paixão, Tu levaste..., filho pródigo

publicado por Estupefacta às 14:49 | link do post | comentar

mais sobre mim
Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
26

27
28
29
30
31


posts recentes

A Pensar em si

Bendito serás

Feminino Singular

Todos devemos ajudar

Ainda há milagres

Podia

Acordo ortográfico

Gostei de ver e ouvir

Intimidade ou higiéne?

É bonito

Sem título

Agitação social

Desde que

Preciso

A Estupefacta sou eu

Não consigo preparar-me

Como uma mulher pode alte...

Excelente ideia e melhor ...

Genes cor de rosa

E assim se tapa o Sol

arquivos
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds