Segunda-feira, 8 de Dezembro de 2008

 

 

 

Estou a fazer um trabalho extra que consiste na transcrição de entrevistas. Um professor da Escola Superior de Enfermagem está a fazer o doutoramento e deu-me umas entrevistas para transcrever.

A vida não está fácil e este dinheirinho vem mesmo a calhar.

 

A Maria ao ouvir uma pequena parte de uma das entrevistas, ficou cheia de vontade de brincar aos enfermeiros. Lá foi ela, com os nenucos e estojo de enfermagem (um brinquedo que lhe dei há uns anitos atrás) para o seu local de brincadeira preferido: a casa de banho.

 

Fui para a cozinha. Entretanto chega ao pé de mim e pergunta-me:

 

- Queres brincar comigo aos enfermeiros? Vá lá, já não brincas comigo há tanto tempo.

- Brincar? Com essa idade? Então não queres namorar?

- Não gozes, por favor. Quero namorar, mas também quero brincar.

 

 

Claro, a insistência foi tanta que lá tive eu de «arregaçar as mangas» para que a miúda me pudesse tirar sangue. Mas já não sei brincar. Antigamente punha um ar sério; agora, só me saem disparates. A cena teve de ser repetida vezes sem conta, isto porque os diálogos não batiam certo.

Haviam de ver a Maria, de seringa em riste, a entrar e a sair da sala, com o seu ar de «enfermeira Marta» (ela é que escolheu o nome) a fazer-me perguntas:

- Então, está boazinha?

- Se estivesse não estaria aqui, respondia eu.

 

Cena interrompida.

 

- Então, a sua filha como vai?

- Parva, é o que é.....

 

Cena interrompida

 

- E a sua mãezinha?

- Olhe, sei lá. A senhora esteve com ela, tivesse perguntado.

 

Cena Interrompida.

 

- Bem, o melhor é trocarmos de papéis.

- Sim, também acho.

 

O sangue foi tirado num ápice e acabou-se a brincadeira rapidamente..........

 

- Francamente, senhora enfermeira. Balbuciou a miúda.....

 


tags: , , ,

publicado por Estupefacta às 23:23 | link do post

De cuidandodemim a 9 de Dezembro de 2008 às 13:51
Mas que enfermeiras tão engraçadas!
Essa da imagem, é impressão minha ou esqueceu-se de fazer a depilação?
Bjns


De Estupefacta a 13 de Dezembro de 2008 às 13:25
Olha, nem tinha reparado. Temos uma enfermeira peluda, eheheheheh .
O mais engraçado foi ver a cara da criança (adolescente)
Beijinho


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
26

27
28
29
30
31


posts recentes

A Pensar em si

Bendito serás

Feminino Singular

Todos devemos ajudar

Ainda há milagres

Podia

Acordo ortográfico

Gostei de ver e ouvir

Intimidade ou higiéne?

É bonito

Sem título

Agitação social

Desde que

Preciso

A Estupefacta sou eu

Não consigo preparar-me

Como uma mulher pode alte...

Excelente ideia e melhor ...

Genes cor de rosa

E assim se tapa o Sol

arquivos
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds