Terça-feira, 9 de Setembro de 2008

 

 

 

Uma pessoa positiva, crente, que acredita que a vida nos dá o que semeamos, que podemos escolher o que plantamos, mas não o que colhemos. E, ultimamente, por causa de uma série de circunstâncias tenho-me esquecido disto.

Mas as circunstâncias mudam e não são elas que devem influenciar a minha vida. Antes pelo contrário: eu posso influenciar as circunstâncias e revertê-las a meu favor.

 

Eu não gosto de sardinhas, mas quando alguém as assa e eu estou perto fico impregnada do cheiro, como se as tivesse comido. O que quero dizer com isto?!

 

Podemos não «comer» as coisas negativas, mas se estamos junto de quem as «come» ficamos «contaminadas» com o cheiro.

 

 

Ontem depois de ler os comentários que tinha (e que desde já muito agradeço), li um e fiquei sem coragem para os aprovar. Acabei por fazê-lo há instantes. No entanto, levei um bom tempo a pensar nele.

O que tenho feito ultimamente?! Lamuriar-me, queixar-me, semear coisas negativas através das minhas palavras. É isto que tenho feito. Afastei-me da Igreja, comecei a orar (que para mim não é mais do que falar com o Deus em que acredito) cada vez menos e quando dei por mim já estava esquecida de que há um ou o LIVRO maravilhoso que é a Bíblia, que funciona como se fosse o «manual do fabricante».

 

Lembrei-me então desta passagem bíblica:

 

«Tendo o filho crescido, certo dia saiu a

ter com o seu pai, que estava com os segadores.

Disse a seu pai: Ai, a minha cabeça! Ai, a

minha cabeça! Disse o pai dele a um moço:

Leva-o a sua mãe.

Subiu ela e o deitou sobre a cama do

homem de Deus, então fechou a porta e saiu.

Chamou a seu marido e disse: Manda-me

um dos moços, e uma das jumentas, para

que eu corra ao homem de Deus, e volte.

Perguntou ele: Por que vais hoje?

Não é lua nova nem sábado. Disse ela: Tudo

vai bem.»

(II Reis 4: 18- 23) 

 

Perante este «Tudo vai bem», pude aperceber-me de quão importante são as nossas palavras. Esta mulher sabia que o filho estava mal, mas não ousou em dizê-lo. Porquê? Porque acreditava no poder de Deus para a sua vida e para a vida do seu filho, porque queria «colher» o que semeara e ninguém colhe rosas se semear malmequeres.

 

 

 

(Só um obrigada a todos os que não desistem de mim).

 

 



publicado por Estupefacta às 09:52 | link do post | comentar
|

12 comentários:
De artesã a 9 de Setembro de 2008 às 15:23
Pois é amiga nem sempre estamos bem, mas como tudo passa e nada permanece, também vais ficar bem. beijo


De daplanicie a 9 de Setembro de 2008 às 15:24
Oh amiga, então íamos lá desistir de ti?! Todos temos os nossos dias mais cinzentos mas o que nunca podemos esquecer é que é das nuvens mais escuras que cai a água límpida e fecunda:
Beijinho grande


De dreedrui a 9 de Setembro de 2008 às 21:18
Amiga ,sardinhas foi a unica coisa que nunca provei pois so o cheiro manda-me embora...mas deixemos as sardinhas so para te dizer que gostei de te ter como amiga e te desejo as maiores felicidaes....beijinho do Rui


De azuldoceu a 9 de Setembro de 2008 às 22:11
Então, anda uma nuvenzita negra por aí?
Há alturas assim... mas vais ver que mais depressa do que pensas, o sol volta a brilhar!
Fica bem
Bjocas


De artesã a 10 de Setembro de 2008 às 13:17
Amiga, nada de tristeza,i muito na tua vida. São os meus votos para ti. beijinhos


De dreedrui a 14 de Setembro de 2008 às 07:22
Um Domingo cheio de PAZ e Amor...
Rui


De Lua de Sol a 17 de Setembro de 2008 às 15:55
Passei só para desejar um Dia MuitOOOOOOOOOOOOOOOO FeliZZZZZZZZZZZZZZZZZZ... Muitos ParabénSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS....
Um beijinho grande


Vês?! Lembrei-me! Hehe!


De luisa rodrigues a 18 de Setembro de 2008 às 10:16
Um ENORME beijo de parabéns (desculpa o atraso), com o desejo de que tudo na tua vida te corra bem, e nos dias piores, que não percas a coragem para enfrentar as coisas menos boas.
Saudades! Até sempre...


De guguinha a 19 de Setembro de 2008 às 14:56
Oh amiga ,quem se poderia esquecer de ti,. Logo tu que estás sempre disponivel para ajudar, para dar uma palavra amiga. Todos nós temos momentos assim, há que saber lidar com eles, e aprender alguma coisa ,se for possível, Beijinho grande, Guguinha


De * * Grilinha * * a 19 de Setembro de 2008 às 21:44
Nunca desistas de pensar positivamente.

Gostei de te ter encontrado.

O braço está na mesma (partido e doi).

Como está o teu pai?

Um beijinho para ti e para a Maria


Comentar post

mais sobre mim
online
Passaram por cá
PageRank
Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
26

27
28
29
30
31


posts recentes

A Pensar em si

Bendito serás

Feminino Singular

Todos devemos ajudar

Ainda há milagres

Podia

Acordo ortográfico

Gostei de ver e ouvir

Intimidade ou higiéne?

É bonito

Sem título

Agitação social

Desde que

Preciso

A Estupefacta sou eu

Não consigo preparar-me

Como uma mulher pode alte...

Excelente ideia e melhor ...

Genes cor de rosa

E assim se tapa o Sol

arquivos
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape Add to Technorati Favorites View blog authority
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa Top de Blogues
tags

todas as tags

eXTReMe Tracker
blogs SAPO
subscrever feeds