Quarta-feira, 3 de Setembro de 2008

 

 

Hoje é mesmo para desabafar. 

Faço um enorme esforço para estar bem, para 'mostrar' que estou bem (para convencer não sei quem ou para mostrar não sei o quê), mas a verdade é que a paz de espírito não tem inundado o meu ser, a minha mente, o meu coração.

Sorrio, mostro-me segura, penso ser a melhor mãe do mundo, mas sinto que não estou a conseguir ser e fazer nada disto.

Estas férias até podiam ter sido boas se eu tivesse sido boa para mim, para os que me rodeiam, para a minha filha.

Não, não houve más respostas, agressões e coisas assim. Houve, sim, uma falta de disponibilidade mental para estar com as pessoas, para estar com a minha filha, para fazer o que habitualmente tanto gostava de fazer.

Férias?? É verdade estive de férias, mas não as aproveitei, não as consegui gozar como deveria. De quem é a culpa? MINHA, tão só minha.

Afasto-me de quem amo, de quem realmente gosta de mim. Dei por mim a pedir inúmeras vezes aos meus irmãos e a minha amiga Joana para levarem a minha filha a dar uma volta, porque eu queria estar sozinha, queria estar «metida comigo», nos meus pensamentos que, afinal, nem sei quais foram.

Neste momento interrompi a escrita, porque a minha amiga Joana ligou-me. Também ela sentiu que eu não ando bem, que não estou bem, que não descontraí,  nem fui a Fátima que ela se habituou a ter como companhia nas férias.

Porquê? Não sei.....Tenho a sensação que vivo uma vida que não é minha.

Desabafos....

 

 

Voltando ao assunto do meu último post, fiquei furiosa, na altura, com a «farsa» de uma morte anunciada, mas hoje senti que deveria estar alegre porque afinal nada se concretizou, que a vida prevaleceu.

Isto parece uma contradição, mas se fiquei triste por ter pensado que o NMM tinha morrido, devo ficar contente porque isso não foi verdade e que ele continua cá entre nós, a dar a si próprio mais uma oportunidade.

Confuso.... Tal qual a minha cabeça.

Pareço ter a idade da minha filha, pareço uma adolescente em crises existenciais, mas sinto-me assim.

 

 

PS. Jorge, desejo-te as melhoras. Minha Dor, obrigada por estares presente.

Infiel, ADORO-TE.

 

Amigos e amigas ainda bem que estão aí para «me ouvirem». Hoje não tenho capacidade para responder aos comentários que leio com muito carinho.

Azul do Céu ainda não falei do nosso encontro, mas hei-de fazê-lo e és um querida.

Visitante és excelente.

Guguinha liguei-te, mas....

 

 

Estou parva.

Sinto falta do meu Deus!

 

 

 


tags: ,

publicado por Estupefacta às 23:05 | link do post | comentar
|

18 comentários:
De dreedrui a 4 de Setembro de 2008 às 06:50
Olá Amiga...estas a passar por uma fase em que a maioria passa que é a procura de ti mesma ,isto acontece a quem não se acomoda a simplesmente viver ,quase aquela fase infantil da idade dos porquês so que esta é de adultos...isso passa e por favor não te culpes por coisas que fazem parte da vida.
Beijinho Amiga
Rui


De rui santos a 4 de Setembro de 2008 às 09:07
Va rapariga, anima-te, a vida as vezes é assim
olha , ainda te devo um jantar romântico
lol
não me esqueci, quando for a Portugal vamos jantar os dois, o prometido é devido.
fica bem e anima-te


De drink a 4 de Setembro de 2008 às 10:11
Os grandes problemas começam quando nos culpabilizamos de coisas que não temos culpa.
Tenho um caso parecido na família, mais ou menos igual. a diferença para além dos motivos obviamente,é o facto de a ideia de suicídio ser uma ideia que já está se começa a ouvir aos poucos. Isto é um exemplo que lhe quero deixar, para que possa perceber onde nos leva o facto de nos culpabilizarmos. Obviamente que precisamos de estar sozinhos e de pensar. Mas também precisamos de pensar em conjunto e desabafar, fazer, e estar com quem nos faz sentir bem, e com certeza que a Maria faz isso na perfeição, pelo que tenho lido aqui.

Eu agora já não frequento tanto a internet, alias os blogs. Mas sempre que posso venho aqui dar uma espreitadela, só que nem sempre deixo comentários. Bjs paras as duas. Que tudo melhore.


De Visitante a 4 de Setembro de 2008 às 10:30
Estupefacta:

Se tentares ser a chamada "melhor Mãe do Mundo" segundo determinados paradigmas (pré-estabelecidos?), com altas expectativas... aí, falharás, porque acabarás por sobrecarregar ainda mais essas expectativas!

(Como diz o nosso povo, "não queiras dar um passo maior do que a perna"...)

Se continuares a ser a Mãe que ÉS, com qualidades e com defeitos, sim, mas demonstrando latentemente o teu amor pela Maria, como até agora o tens feito - e, como eu já te disse pessoalmente, ela é o resultado da sua própria personalidade e do seu próprio temperamento, sim... mas também das BOAS EDUCAÇÃO e FORMAÇÃO que recebe! -, aí, sim, continuarás a ser bem sucedida como até agora!! Senão, olha bem para essa "mulherzinha" que tens aí!!!

Não te crucifiques, Estupecta; não vale a pena... e a madeira está cara!

Toma um sorriso

Beijinho
Visitante


De Jorge Soares a 4 de Setembro de 2008 às 11:25
Olá

Todos temos fases assim, em que parece que precisamos de encontrar o sentido à vida, tu és uma excelente mãe e uma excelente pessoa, acredita em ti.. porque daqui, de este lado das letras, nós acreditamos.

Obrigado pelos teus bons desejos.
Jorge


De Infiel a 4 de Setembro de 2008 às 12:09
é pena não teres aproveitado as ferias de outra maneira
estava com esperanças que conseguisses elevar.te mas, desabafa e grita
tudo passa e o agora é que é importante e agora continuas no meu coração

Um abraço muito forte


De Jorge Santos a 4 de Setembro de 2008 às 12:39
"Cada um sabe a dor e a delicia de ser o que é"
Força aí!
Abraço!


De Jorge Soares a 4 de Setembro de 2008 às 13:43
Olá

Todos temos fases assim, em que parece que precisamos de encontrar o sentido à vida, tu és uma excelente mãe e uma excelente pessoa, acredita em ti.. porque daqui, de este lado das letras, nós acreditamos.

Obrigado pelos teus bons desejos.
Jorge


De daplanicie a 4 de Setembro de 2008 às 16:31
Sinto-te desalentada, tristonha, talvez um pouco "sem norte" e deixo-te uma palavra de esperança e fé. Todos nós temos dias em que só nos apetece fugir para um sítio onde possamos estar sós, em silêncio ou em pranto, e não há motivo para te sentires mal por também teres esse desejo de vez em quando. É natural precisarmos de um tempo para "encaixar" tudo o que nos acontece, principalmente se forem coisas desagradáveis.
Se neste momento te sentes afastada de Deus, aguarda calmamente porque ele voltará a entrar na tua vida ainda com mais força do que antes. Que Deus te ajude a superar esse desânimo é o que mais desejo.
Um enorme beijinho


De guguinha a 4 de Setembro de 2008 às 23:34
Minha doce amiga, eu vi que me ligaste. Tentei ligar-te, mas... Enviei-te mns, fica para uma próxima oportunidade, nos entretantos vou sabendo de ti pela blogando,que é um doce, assim como tu.
Sabes ao ler o teu post .chego a conclusão que deve ser desta altura do ano. tenho duas amigas em situações semelhantes, uma delas pior ainda. Mas lembra-te sempre que esta vida é importante demais, que todos nós temos uma missão a cumprir. todos temos momentos menos bons, e todos precisamos de nos retirarmos um pouco de vez em quando... Lembra-te que estou aqui para quando precisares, tens o meu nº ,liga e ... vou ter muito prazer em te ouvir. Beijinho do tamanho do Mundo, Guguinha


Comentar post

mais sobre mim
online
Passaram por cá
PageRank
Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
26

27
28
29
30
31


posts recentes

A Pensar em si

Bendito serás

Feminino Singular

Todos devemos ajudar

Ainda há milagres

Podia

Acordo ortográfico

Gostei de ver e ouvir

Intimidade ou higiéne?

É bonito

Sem título

Agitação social

Desde que

Preciso

A Estupefacta sou eu

Não consigo preparar-me

Como uma mulher pode alte...

Excelente ideia e melhor ...

Genes cor de rosa

E assim se tapa o Sol

arquivos
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape Add to Technorati Favorites View blog authority
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa Top de Blogues
tags

todas as tags

eXTReMe Tracker
blogs SAPO
subscrever feeds